VRB Multimercado recebeu aportes de mais de 1000 investidores em 2019

O VRB Multimercado recebe prêmio de melhor fundo de impacto do Brasil no evento Ranking Melhores Fundos InfoMoney/IBMEC 2019 no Unique, em São Paulo.

Fundo Verde, Kapitalo Zeta, Oceana Long Biased, SPX Falcon, Truxt Long Biased, Ibiuna STH, Gávea Macro Plus e Vintage Macro são geridos por alguns dos principais nomes do mercado financeiro local e diversos deles são inacessíveis ao grande público.

Contudo, é possível investir nestas estratégias através do fundo VRB Multimercado. Antes, o fundo era oferecido apenas para famílias com patrimônio financeiro elevado (UHNW), com aplicação inicial mínima de 300 mil reais. Porém, a partir de dezembro de 2018, o aporte inicial mínimo foi reduzido para 10 mil reais (conta e ordem).

A mudança acabou democratizando o acesso ao veículo e o fundo saltou de 125 milhões de reais para 280 milhões de reais em recursos sob gestão no período de um ano. Como consequência, a base de clientes também aumentou, saindo de 22 cotistas para mais de 1000 investidores. Para investir no VRB Multimercado, clique aqui.

A diversificação de portfólio, e a seleção dos gestores, é realizada através de um Comitê de Investimento que conta com nomes de peso como Demosthenes Madureira (BW), Leonardo Martins (Turim Family Office), Guilherme Ferraioli (UBS Consenso), Lucas Borges (Tera Capital) e Luciano Telo (XP Advisory). O grupo é responsável por realizar a alocação de capital de algumas das famílias mais influentes do país.

Caso mantenha o ritmo de crescimento, e não seja possível negociar um aumento de capacidade com os gestores investidos, a expectativa é que o fundo feche para novas aplicações, por tempo indeterminado, ainda em 2020.

Além de ser um produto diferenciado, do ponto de vista financeiro, o VRB Multimercado também gera impacto social nas vidas de pessoas em situações vulneráveis. Após o desconto das despesas, a taxa de administração cobrada é direcionada para projetos sociais no Brasil. O investidor fica com os resultados líquidos e não tem custo financeiro adicional: paga somente 1% de taxa de administração. O fundo não cobra taxa de performance, “É um jogo onde todos ganham, um modelo de filantropia 2.0”, diz Tiago Fernandes, CEO do VRB. Em 2019, o fundo gerou mais de um milhão de reais para as iniciativas apoiadas pelo VRB (saiba mais aqui).

Segundo Tiago Fernandes, só foi possível criar o VRB Multimercado em função do sucesso do Oceana Sustentabilidade, veículo que replica a estratégia Oceana Long Biased, e destaque como um dos melhores fundos da indústria em todas as classes de ativos (tanto do ponto de vista nominal quanto ajustado pelo risco). Atualmente fechado para aplicações, o fundo nasceu a partir de um investimento inicial de George Soros e, desde 2016, já doou R$ 3,1 milhões para projetos apoiados pelo VRB. Só no ano passado, o montante foi de R$ 1,3 milhão. 

Disclaimer: A instituição VRB SOCIAL não distribui ativos mobiliários e não participa da gestão e ou administração de nenhum dos fundos VRB, sendo apenas mera beneficiária dos recursos gerados a partir das taxas de administração ou performance, conforme o caso. O conteúdo deste site é exclusivo para fins informativos e com propósito de conferir transparência aos nossos stakeholders. As informações dispostas no site não representam documentos oficiais dos fundos e não constituem uma solicitação, oferta ou sugestão para investimento. Todos os investidores devem ler atentamente o regulamento dos fundos, bem como o Formulário de Informações Complementares e demais documentos disponíveis no site do administrador, antes de comprar cotas. A VRB SOCIAL não se responsabiliza pela publicação acidental de informações incorretas.