Perguntas Frequentes VRB Multimercados

O que é um fundo de investimento?

Fundo de Investimento é um veículo que reune recursos de pessoas físicas ou jurídicas (chamadas cotistas), tendo por objetivo auferir ganhos a partir de investimentos no mercado financeiro, podendo variar de acordo com a estratégia (ações, juros, câmbio, renda fixa, crédito e etc) e perfil de risco (agressivo, arrojado, moderado, conservador). 

Tecnicamente trata-se de um condomínio, onde cada investidor possui uma cota e paga a alguém para coordenar o funcionamento do fundo e gerir os recursos (através da taxa de administração). As regras são fixadas em regulamento e aplicadas igualmente a todos.

A vantagem do fundo é que você pode diversificar o seu patrimônio através de um gestor profissional sem precisar de grandes valores e diluir os custos fixos, tais como auditoria, taxa CVM, taxa CETIP, taxa SELIC, despesas contábeis e registros em cartório.


Quais são os custos cobrados em um fundo de investimento?

Taxa de administração – cobrada sobre o patrimônio líquido do fundo, a taxa remunera o gestor, o administrador e demais prestadores de serviços. A cobrança é realizada em percentual ao ano (% a.a.), a depender da complexidade da estratégia do fundo. 

Vejam alguns exemplos abaixo:

ClasseFundoTaxa de Adm.
Renda FixaXP Referenciado FI Ref DI CP0,40% a.a.
MultimercadoVintage Macro FIC FIM2,00% a.a.
AçõesOceana Long Biased FIC FIM2,00% a.a.
MultimercadoVRB Fundo de Investimento Multimercado1,00% a.a.

Taxa máxima de administração – um fundo de investimento pode comprar cotas de outros fundos. Neste sentido, a taxa de administração efetiva pode exceder a taxa de administração divulgada. Logo, o valor máximo que a taxa de administração composta pode atingir fica previsto em regulamento.

Taxa de performance – incide sobre a parcela da rentabilidade que excede determinado índice de referência, tais como CDI, IPCA + 6%, Ibovespa e etc.

Outros encargos: taxa de custódia (expressa em percentual) e custos fixos, tais como Taxas CVM, CETIP e Selic, bem como despesas contábeis, registros em cartório e honorários do auditor independente.


Qual o papel do distribuidor, do administrador e do gestor?

Administrador – responsável pelo funcionamento do fundo de investimento. Ele calcula as cotas, controla os prestadores de serviços, é regulamentado pela CVM e presta contas aos reguladores e cotistas, divulgação da carteira do fundo e etc. 

Gestor – responsável por definir a estratégia, selecionar as classes (ações, juros, câmbio e etc) e tomar as decisões de compra e venda de ativos. Trata-se de um profissional qualificado e habilitado para exercer a atividade. Quando cobrada a taxa de performance, quanto maior o rendimento maior a remuneração do gestor por ter superado determinado índice de referência. 

Distribuidor – responsável pelo relacionamento com os investidores. Funciona como um intermediário entre o fundo e o cotista. Além de aplicar questionários para definir o perfil de risco do cliente, pode aconselhar investimentos (desde que possua autorização específica), prevenir lavagem de dinheiro e assegurar que as informações cadastrais dos cotistas estejam atualizadas. Os principais distribuidores são os bancos de varejo, as corretoras e as distribuidoras de títulos e valores mobiliários.

O que faz um Family Office?

No século 19, os Single-Family Offices eram grandes estruturas criadas por famílias como Rothschild, Guggenheim e Rockefeller para administrar suas riquezas e passa-las às gerações seguintes. As famílias perceberam que haviam reunido um grupo de experts e uma estrutura que poderia ser útil a outras famílias. Desta forma, os Multi-Family Offices surgiram de uma fusão entre Single-Family Offices que buscavam diluir custos e compartilhar conhecimento.

Estas estruturas são utilizadas pelos maiores empresários (Bill Gates, George Soros e etc) e famílias do mundo (BMW, EBAY, Wall Mart e etc).

Seus profissionais realizam a gestão do patrimônio familiar como se fossem endowments, traçando uma meta de rentabilidade considerando determinado perfil de risco para diversos horizontes de investimento (3, 5, 10 ou 30 anos). 

Além dos investimentos no mercado financeiro, são responsáveis por realizar o planejamento fiscal, imobiliário, contábil, societário, a governança familiar, a sucessão e a filantropia.

Para acessar este serviço, a depender da instituição, o patrimônio exigido costuma variar entre R$ 10 milhões, R$ 50 milhões ou R$ 100 milhões.


Qual a diferença entre um Private Banking e um Family Office?

Os maiores clientes das instituições financeiras são atendidas pelo setor de Private Banking. Como são as maiores contas, os clientes são tratados com maior atenção. Os Family Offices, por sua vez, atendem um público ainda mais seleto que o Private Banking.


Quais sãos as vantagens de investir no VRB Multimercado?

Acesso ao know how de alguns dos principais Family Offices do Brasil – O VRB Multimercado é um mix entre fund of funds e ativos diretos gerido através de um Comitê de Investimento formado por cinco dos maiores Family Offices do Brasil. Somando os recursos administrados por cada uma destas instituições, o grupo acumula mais de R$ 200 bilhões de um número reduzido de famílias.

A carteira do fundo é o resultado do processo de construção de portfolio realizado em reuniões que ocorrem a cada dois meses em São Paulo, quando os Chief Investment Officers de Turim, UBS Consenso, XP Advisory, Tera Capital e BWGI discutem os cenários macro e microeconômicos, o ambiente de oportunidades, as classes de ativos e os gestores de recursos. 

Diversificação de portfolio completa e acesso a alguns dos gestores mais consagrados do Brasil – A diversificação é realizada através de estratégias macro, ações long biased e renda fixa. Em relação às duas primeiras, o fundo aloca via gestores que têm se destacado em suas respectivas estratégias. Quanto à estratégia de renda fixa, o veículo aloca diretamente em ativos indexados à inflação, caixa ou pré-fixados.

Investimento de R$ 10 mil em carteira equivalente a R$ 500 mil e R$ 1 milhão – Vale ressaltar que a grande maioria dos fundos está fechada para captação, mas aceitaram abrir espaço para o VRB em função do viés social. Ainda que fosse possível, se a pessoa tentasse replicar a carteira do VRB Multimercado, o valor total do investimento ficaria entre R$ 600 mil e R$ 1 milhão. Quase 60 vezes o investimento mínimo através de plataforma de conta e ordem.

Vantagem tributária – Do ponto de vista fiscal, se você fosse aplicar e resgatar diretamente nos fundos investidos, as alíquotas do imposto de renda e do IOF incidiriam a cada resgate solicitado pelo investidor. No caso do VRB Multimercado, as realocações realizadas dentro do fundo não sofrem tributação. Desta forma, o investidor pagará o tributo somente quando resgatar o dinheiro do VRB Multimercado.

Impacto social – Além destes benefícios, toda a taxa de administração cobrada no fundo é direcionada para o VRB (depois de custos), uma instituição filantrópica que muda a vida de pessoas em situações de vulnerabilidade social. Você fica com os resultados líquidos como em qualquer fundo de investimento, mas gera impacto social através das doações do gestor.


Qual o investimento mínimo do VRB Multimercado? 

O fundo VRB Multimercado é exclusivo para investidores qualificados. Ou seja, para realizar um investimento é necessário ter no mínimo R$ 1 milhão de patrimônio financeiro.

O investimento mínimo para investir via a VRB Capital AAI é R$ 300 mil e através de plataforma de conta e ordem é R$ 10 mil.


Quais sãos os custos do VRB Multimercado?

O VRB Multimercado possui uma taxa fixa de administração de 1% ao ano e os fundos investidos cobram taxas de administração e performance, resultando em um custo médio ponderado maior para o cotista.

O custo final, entretanto, é menor, em função dos rebates revertidos para dentro do fundo. Rebate é a “comissão” que um gestor paga para o distribuidor do fundo, que pode variar entre 20% e 50% da taxa de administração. 

Os gestores investidos pelo VRB Multimercado devolvem o rebate para dentro do veículo, reduzindo o custo final para o cotista. O fundo não possui taxa de performance.


Quais sãos os tributos do VRB Multimercado?

Imposto de renda incide conforme a tabela progressiva abaixo:

PrazoTaxa
Até 180 dias22,5%
De 181 a 360 dias20%
De 361 a 720 dias17,5%
Acima de 720 dias15%

O VRB Multimercado também sofre a incidência de IOF, que incide sobre os rendimentos quando o resgate do valor investido é solicitado no primeiro mês de aplicação. Se você resgatar o seu investimento a partir do 30º dia, não haverá a incidência do tributo. A tabela começa em 96% no 1º dia e decresce 3% diariamente, até chegar a 0% no 30º dia. 

O VRB Multimercado está sujeito ao Come Cotas, que acontece semestralmente nos últimos dias úteis dos meses de maio e novembro. A alíquota incidente é de 15% sobre o rendimento acumulado entre os dois períodos.


Como o VRB gera impacto social? A minha rentabilidade é menor por causa desta característica?

Não. Quem realiza a doação é o gestor do fundo, que abre mão da receita gerada pela taxa de administração. O investidor fica com os resultados líquidos, como em qualquer fundo de investimento.

1. Custos: gestor, administrador, distribuidor e tributos
2. Valores aproximados


Quanto da taxa de administração é doada para o VRB?

A taxa de administração é doada depois de cobrir os custos do fundo. Ou seja, depois de pagar o gestor, o administrador, o distribuidor, o custodiante, os tributos e cobrir os custos fixos (Taxas CVM, CETIP e Selic, despesas contábeis, registros em cartório e honorários do auditor independente). O valor líquido direcionado para o VRB equivale a cerca de 53% da taxa de administração.


Qual impacto social eu estou gerando a partir do meu investimento?

Saiba mais aqui.


O VRB é uma gestora?

Não. O VRB é uma instituição filantrópica beneficiária das taxas de administração cobradas nas estratégias de investimento com impacto VRB. 

O gestor do fundo é a Tera Investimentos e o Comitê de Investimento é composto pelos responsáveis pela alocação de patrimônio da Turim Family Office, UBS Consenso, XP Advisory, BWGI e Tera Capital.


Qual a diferença entre a VRB Capital Agente Autônomo de Investimento Eireli e a VRB Social? 

A VRB é uma instituição filantrópica e a VRB Capital AAI que existe exclusivamente para distribuir as estratégias de investimento com impacto VRB. A instituição possui contrato com um distribuidor e autorização legal da CVM e Ancord para operar como agente autônomo. 

Assim como os Family Offices, a VRB Capital AAI atua em caráter 100% pro bono no projeto.