Na última terça-feira a equipe da Ouvidoria, responsável pelo Saúde na Linha, apresentou dados da nova empreitada do projeto: o monitoramento de pacientes com tuberculose. O Saúde na Linha é uma ferramenta inovadora, apoiada pelo VRB, inicialmente voltada para o monitoramento de bebês, puérperas e grávidas em gestações de risco e desde dezembro/2016 também monitora pacientes com tuberculose.

O monitoramento é feito de um call center formado por profissionais da área da saúde e o objetivo dos operadores é sempre, em cada ligação, estreitar os laços com os pacientes. O projeto é pioneiro no Brasil e segundo Guilherme Braga, supervisor técnico de saúde do projeto, a confiança dos pacientes com os profissionais de saúde e o vínculo com as unidades de atendimento tem sido um sucesso: “Começamos monitorando as grávidas, e foi tão positivo que fomos procurados pelos transmissíveis para monitorarmos os pacientes com tuberculose. A gente notifica esses profissionais da ponta e consegue antecipar dados dos pacientes. Passamos essas informações para os médicos e isso contribui para a melhoria do atendimento e acompanhamento”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *